Torquato Neto: Todas as Horas do Fim

2017

Direção: Marcus Fernando e Eduardo Ades

Edição de Som e Trilha Sonora: Thiago Sobral

‘Torquato Neto – Todas as horas do fim’ estreia no Festival do Rio

O documentário Torquato Neto – Todas as horas do fim traz ao cinema, pela primeira vez, a obra e vida do poeta piauiense Torquato Neto, que se suicidou aos 28 anos, em 1972. O filme terá sua estreia na 19ª edição do Festival do Rio, onde será exibido como Hors Concours da mostra Première Brasil.

Dirigido por Marcus Fernando (produtor e pesquisador musical, diretor da série de TV Cale-se – A censura musical) e Eduardo Ades (diretor de Crônica da demolição e do curta A dama do Estácio), o filme traz Torquato Neto como protagonista de fato – e não “assunto” sobre o qual outras pessoas falam.

Assim, Torquato tem lugar central: nas fotografias do Arquivo Torquato Neto, nas filmagens realizadas por Ivan Cardoso e com o único registro sonoro de sua fala, localizado durante a realização do filme. Somam-se a esses materiais diversos textos, cartas e poemas de sua autoria, pela voz de Jesuíta Barbosa. E completam a narrativa os depoimentos de parentes e amigos que conviveram com ele, como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Augusto de Campos, entre outros.